Dr.Milton Peruzzo | Perguntas
PERGUNTAS
1. O que é o transplante de cabelos? É um procedimento cirúrgico para o tratamento da calvície. Transfere-se da região posterior da cabeça cabelos, que são imunes à calvície, para a área calva. Utilizo apenas a técnica de gigasessão de unidades foliculares que proporcionam alta quantidade de fios transplantados com a maior naturalidade possível. 2. Eu terei como resultado uma cabeça cheia de cabelos? Não.Todos temos um limite na quantidade de fios na área doadora. Dependendo da extensão de sua calvície é impossível a restauração total dos cabelos perdidos. Lembre-se que esta técnica redistribui os cabelos saudáveis e não cria novos cabelos, porém a distribuição feita de forma estratégica promove a sensação de uma quantidade substancial de cabelos. 3. Funciona? Sim, os cabelos que serão transplantados duram a vida toda. Em média 7 a 8 meses após a cirurgia você já estará com o crescimento de quase todos os cabelos e até 18 meses após a cirurgia ainda crescerão novos fios. 4. A cirurgia e o pós-operatório são doloridos? Não. A cirurgia é feita com anestesia local e sedação, o que quer dizer que um médico anestesista irá lhe aplicar um sedativo que fará você dormir durante toda a cirurgia e no pós-operatório você receberá orientações de quais medicamentos tomar para evitar qualquer desconforto. 5. Quanto tempo eu preciso para minha recuperação? Eu sugiro que você reserve 3 dias para sua recuperação total, porém no dia seguinte à cirurgia você estará apto a exercer atividades leves. 6. É uma cirurgia perigosa? De forma nenhuma. Antes da cirurgia será solicitado um check-up completo para verificação de sua saúde. Durante a cirurgia você terá um anestesista que irá mantê-lo dormindo confortável e sem dor. O risco existe quando você é operado em uma clínica ou consultório, sem exames pré operatórios e sem um anestesista para acompanhar seu intraoperatório. 7. Quantas sessões eu vou precisar? Tudo vai depender da relação área doadora x área calva. Normalmente com a gigasessão em apenas uma etapa você já sentirá uma mudança significativa. Fazer ou não uma segunda etapa vai ficar no grau de satisfação que a cirurgia lhe proporcionou dentro dos seus limites anatômicos. 8. Quando eu vou poder lavar a cabeça e pentear-me normalmente? No dia seguinte da cirurgia a fisioterapeuta irá lavar sua cabeça, mostrando-lhe que o procedimento é muito simples. No mesmo dia você irá lavar a cabeça mais duas vezes e assim por diante. Nos primeiros dias será prescrito um shampoo próprio para uma perfeita limpeza do seu couro cabeludo. Você irá se pentear normalmente,assim como estará liberado para usar secador de cabelo, gel, mousse, etc. Mais detalhes do pós-operatório lhe serão fornecidos na consulta. 9. Existem complicações? A incidência de complicações é muito baixa. As principais podem incluir alterações de sensibilidade na área doadora,devido ao trauma sobre pequenas terminações nervosas.Outras estão associadas à cicatrização e podem incluir alargamento da cicatriz na área doadora.Se o paciente não seguir as instruções dadas para o período pós-operatório pode apresentar um inchaço na testa que perdura por 3 ou 4 dias. 10. Devo esperar ficar bem calvo para fazer a cirurgia? Não. O transplante feito de forma criteriosa nas calvícies precoces oferece como vantagem uma progressão da calvície menos aparente. Lembre-se que o transplante não irá imuniza-lo contra a calvície, se sua propensão é a de ter uma grande área calva, talvez precise de uma nova cirurgia no futuro. A vantagem de fazer logo no início reside no fato de não adquirir o estigma de careca. 11. Esta cirurgia pode ser feita em mulheres? Sim, embora as causas da calvície sejam diferentes, as mulheres também podem ser beneficiadas com a redistribuição dos cabelos usando a técnica do microtransplante,agregando mais cabelos em áreas menos densas. 12. E se eu precisar de mais uma cirurgia de onde serão retirados os cabelos? Normalmente do mesmo local da primeira cirurgia, incluindo a cicatriz,dando como resultado uma cicatriz após dois transplantes. Se isso não for possível serão utilizadas as regiões mais laterais da cabeça. 13. E quantas cirurgia eu posso fazer? Depende da extensão e da elasticidade da área doadora. Já tive a oportunidade de fazer quatro megasessão em alguns pacientes sem prejuízo da área doadora,em outros houve pequenos alargamentos da cicatriz que foram resolvidos posteriormente. 14. Qual a percentagem de perda de transplantes? Quase zero, devido a artesanalidade desta técnica, a preservação da unidade folicular permite uma integração de todos os fios transplantados. 15. Devo cortar o cabelo antes da cirurgia? Não.Venha com o seu corte normal pois se você deixar muito curto a cicatriz da área doadora poderá ficar visível. É mais fácil camufla-la com um corte mais longo. 16. E os cabelos próximos ao transplante vão cair após a cirurgia? Alguns fios podem ser cortados durante a colocação dos transplantes, porém suas raízes permanecem intactas e crescerão posteriormente. É normal uma queda mais acentuada de seus cabelos nos primeiros 30 dias após a cirurgia pela reação ou trauma da cirurgia sobre os cabelos próximos aos transplantes. 17. É uma cirurgia cara? O custo é proporcional ao porte, à qualidade da cirurgia e da qualificação do cirurgião, ou seja, nas técnicas convencionais, feitas em menos de 2 horas com a colocação de poucos fios de cabelos ou com tufos tipo "cabeça de boneca" você gasta pouco, porém nas Gigasessão de Unidades Foliculares que demandam de 6 a 10 horas, em hospital, com um anestesista cuidando o tempo todo de sua segurança e conforto este custo sem dúvida será maior, porém é um dos clássicos exemplos de onde "O barato sai caro...". As correções de cirurgias mal feitas são sempre mais difíceis e complexas do que operar um paciente pela primeira vez e não são raras as situações onde o paciente gasta mais para corrigir um mal resultado barato do que fazer de uma vez uma cirurgia com qualidade. Procure saber quem é o cirurgião,sua formação,se é um cirurgião plástico ou não,se é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (www.cirurgiaplastica.org.br). A SBCP e o CRM solicitam que o custo não seja mais divulgado via internet,portanto apenas após a consulta é que você terá condições de discutir as formas de pagamento.Aos que são de fora de São Paulo,entrem em contato por e mail: peruzzo@peruzzo.med.br. 18. O meu plano de saúde cobre as despesas médico-hospitalares? Normalmente não.Por se tratar de cirurgia estética não há cobertura para este tipo de procedimento,porém temos opções de financiamento. 19. Fiz uma radioterapia no crânio e perdi parte dos cabelos no local e também tenho uma cicatriz onde não crescem mais cabelos.Tenho indicação de operar? Sim, porém as agressões de cicatrizes e da radioterapia podem diminuir o índice de pega dos enxertos devido a uma menor nutrição deste tipo de tecido.
Quer receber informações?
DR. MILTON PERUZZO Contato +55 11 3288.2070 / 3283.2582 clinica@peruzzo.med.br