Dr.Milton Peruzzo | Técnica Cirúrgica
TÉCNICA CIRURGICA
A cirurgia se inicia com a retirada de um fragmento de couro cabeludo da área doadora, cujo tamanho dependerá de alguns fatores, tais como: quantos fios estão programados para serem colocados, densidade da área doadora, elasticidade da área doadora, etc. Após a retirada deste segmento de couro cabeludo, é feita a sutura através de pontos que terá como resultado final uma cicatriz fina, delicada, totalmente coberta pelos cabelos acima dela, que permite inclusive o corte de cabelo bem curto, sem visibilidade da cicatriz. Na gigasessão eu sempre busco a maior extensão e a maior largura que a área doadora de cada paciente permitir para obter a maior quantidade de cabelos possível em uma etapa. É feito então o preparo das unidades foliculares à semelhança do couro cabeludo original do paciente e na quantidade programada através de uma técnica apurada e artesanal,associando a transiluminação e ampliação através de microscópios estereoscópicos de última geração e lupas de ampliação,conseguimos individualizar cada uma das unidades foliculares que contém de 1 a 3 fios de cabelo,sem que haja nenhum dano às delicadas estruturas de cada fio de cabelo,preservando sua anatomia e irrigação sanguínea,garantindo desta forma a integração de todos os fios transplantados . A colocação é feita com uma microlâmina de bisturi que não deixa nenhuma marca ou relevo nos pontos de transplantes. Preferimos esta técnica com microlâminas, apesar de mais cara e complexa, do que o uso de agulhas comuns, pois estas podem deixar marcas ou relevos na pele.
Microscópio Mantis
Microscópio Zeiss montado em mesa ergonômica para conforto da equipe.
VideoCapilus, uma forma didática e prática para visualização do preparo das unidades foliculares.
Forma correta de segurar a unidade folicular
Preparo artesanal de cada uma das unidades foliculares que podem conter de um a três fios de cabelos.
Inserção dos enxertos pela técnica de stick and place
Resultado após um ano de sutura tricofítica,onde os fios de cabelos emergem através da cicatriz.
Imagem intraoperatória de DensePack, onde as unidades foliculares são inseridas com um intervalo mínimo de 1 mm, propiciando uma grande densidade capilar. Notar que após um ano os cabelos crescem nas áreas onde foram inseridos, sem perdas.
Em média a cirurgia demora entre 5 a 10 horas, dependendo da quantidade de fios que serão colocados. Esta quantidade depende da densidade da área doadora e pode chegar a mais de 6000 fios em apenas uma gigasessão. Durante todo o tempo o paciente permanecerá dormindo e no final do curativo já estará despertando, em condições de retornar ao apartamento do hospital. Após a cirurgia o paciente permanece internado no hospital e na manhã seguinte a nossa fisioterapeuta vai retirar seu curativo, avar as áreas operadas com shampoo adequado e fazer uma drenagem linfática facial e cervical para minimizar o risco de inchações pós operatórios.
Quer receber informações?
DR. MILTON PERUZZO Contato +55 11 3288.2070 / 3283.2582 clinica@peruzzo.med.br