Dr.Milton Peruzzo | Mudanças no Fórum
MUDANÇAS NO FÓRUM
(12/11/2015)
Há uns 15 anos atrás criei um Fórum aberto de debates, um espaço livre aberto para o(a)s pacientes que queriam ter liberdade para trocar idéias com outros pacientes acerca de um problema comum, a perda de cabelos.... Ainda não o conhece? Clique aqui para conhecer!!! Ninguém melhor do que os próprios pacientes para entender o que outros como eles estavam sentindo. O número de visitantes foi crescendo e hoje temos uma comunidade com 12.000 usuários, inclusive de fora do Brasil. Todos com um interesse comum: o de conhecer o que outros estão vivenciando e trocar experiências acerca de tratamentos, cirurgias, etc. Durante algum tempo o cenário era fantástico, o de um espaço aonde finalmente os pacientes se sentiram acolhidos, aonde liam narrativas de situações comuns, encontravam ali informações explicadas em rápidas consultas e aonde podiam enfim desabafar. E aí começaram alguns problemas... Críticas a médicos que mal os ouviam, elogios a outros que os atendiam bem, etc. Em paralelo se percebia com nitidez que clínicas e médicos mal intencionados, assim como empresas que vendem produtos relacionados a calvície estavam usando ali um espaço privado para publicidade. Pois bem, o código de ética médica coloca uma série de limites para os médicos e isso estava me trazendo uma série de problemas. Parei então, infelizmente, de ficar ativo no Fórum, de responder às perguntas e ajudar pessoas e pedi a um moderador que eliminasse postagens que poderiam ser mal interpretadas pelos conselhos de medicina ou mesmo outros médicos. Isso criou um certo ar de censura e mesmo assim, eventualmente, algumas postagens passam batidas e acabo por receber cartas não muito simpáticas de advogados ou de outros médicos quando algum forista faz alguma crítica a eles. Tomei então a decisão de não abolir o Fórum, pois este de fato é muito útil como fonte de pesquisas, porém em breve ele deixará de ser de minha responsabilidade ou ligado a mim e será passado para uma empresa que vai gerir aquele espaço de forma profissional para que ele continue a existir. Ninguém duvida de que a Internet revolucionou os conceitos de comunicação global facilitando o acesso de pessoas em qualquer parte do planeta que tenham uma conexão à rede. Pacientes antes sem médicos em sua proximidade conseguem agora ter acesso a bancos de dados que facilitam sua compreensão de doenças assim como a possibilidade de entender melhor seu diagnóstico e alternativas de tratamento. Podem se comunicar com médicos de qualquer país a qualquer momento. Ter acesso a resultados de exames e discutir os mesmos com seus médicos sem sair de casa. Uma nova realidade se abriu. Mas ao mesmo tempo em que o avanço trás essa facilidade aos pacientes o Conselho Federal de Medicina impõe cada vez mais novas regras e normas que proíbem que os médicos no Brasil possam responder a um simples e-mail de pacientes para orientação. De acordo com a resolução do C.F.M., os médicos estão proibidos de dar conselhos, sugestões de tratamento, etc. sem avaliação presencial, portanto os pacientes devem passar por uma consulta com seu médico para discutir seu caso e receber as devidas orientações de exames e tratamentos. Estamos também proibidos de expor fotos de antes e depois. Estamos também proibidos de divulgar nossos dados de telefones e endereços em redes sociais. Parece que querem o retorno das Páginas Amarelas!!!!! Recentemente nos proibiram até de postar selfies com nossos pacientes mesmo com o aval destes... Por mais que os médicos queiram ajudar através de contato virtual um paciente que necessite de orientação, daqui em diante não o podemos fazer. Portanto, aqueles que necessitam de informações e orientações e que nos enviam frequentemente dúvidas através de e-mail, saibam dos fatos acima e me desculpem se eu não responder ou de ajudar, como sempre fiz, mas devo seguir as orientaçães do C.F.M.... O Dr. Milton Peruzzo se reserva ao direito de usufruir da liberdade de expressão assegurada pela Constituição federal. Artigo 5º : Todos são iguais perante a lei sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito a vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e a à propriedade nos termos seguintes: IX : É livre a expressão da atividade intelectual, artística ,científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença.
Quer receber informações?
DR. MILTON PERUZZO Contato +55 11 3288.2070 / 3283.2582 clinica@peruzzo.med.br